TERRAMAX NOVAMENTE PRESENTE NAS OLIMPÍADAS DO CONHECIMENTO SENAI

É com grande admiração que reproduzimos imagens e notícias sobre os vencedores na ocupação de Jardinagem e Paisagismo da seletiva da WorldSkills.

“Quando entrei no SENAI eu era um jovem sem rumo, direção, objetivo, hoje posso dizer que tenho um sonho, uma meta, e a vontade necessária para lutar por ela”, diz Matheus Cardoso da Silva, 19 anos. Matheus e o estudante Luiz Antônio Souza Lima Junior, 19 anos, ambos do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI), conquistaram o ouro na ocupação de Jardinagem e Paisagismo da seletiva da WorldSkills.

Matheus e Luiz, juntamente com a dupla mato-grossense da ocupação de Construção de Moldes para Concreto e o trio de Manufatura Integrada passam, a partir de agora, a compor a equipe que será treinada para representar o Brasil no torneio mundial de profissões técnicas em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos.

A seletiva para a WorldSkills na ocupação de Jardinagem e Paisagismo ocorreu em Cuiabá, na Escola SENAI da Construção. Em segundo lugar ficou a dupla de São Paulo, composta pelos estudantes André Luiz Fernandes e Elias Antônio Pires Junior e, em terceiro, a equipe de Minas Gerais com Gustavo William Alves Fernandes e Mathaus Morais. Os vencedores seguem na competição e serão testados periodicamente para garantir a evolução dentro da prova e a superação dos próprios limites.

“É quase que inexplicável pensar no que a gente passou para chegar até aqui. Desde 2013 tentando uma oportunidade e agora subo ao pódio para receber o ouro. Estou tão grato por tudo isso”, contou Junior, ainda emocionado com o resultado da seletiva. Para ele, a palavra chave que define a competição é superação. “Erramos e corrigimos inúmeras vezes até acertar, sempre buscando o nosso melhor. Agora é dedicação integral para trazer mais um ouro para o Brasil”.

Matheus disse que chegou a pensar em desistir, mas o apoio que recebeu do amigo e colega de prova fez com que ele continuasse. “Eu já estou há 5 anos no SENAI, realizando os mais diversos cursos, essa é minha segunda casa, minha família, nos ajudamos em tudo”, contou. Para ele, o momento é de foco total no objetivo de ir para Abu Dhabi. “É uma responsabilidade muito grande e temos de repensar tudo nos mínimos detalhes, não podemos deixar escapar esse sonho das nossas mãos”.

Para o avaliador Fábio Silva, a ocupação é uma das mais completas e difíceis da seletiva, pois agrupa seis outras grandes áreas: paisagismo, elétrica, hidráulica, alvenaria, pavimentação e marcenaria. “Esse é o resultado de muito esforço, dedicação e trabalho, que permitiu com que eles pudessem colocar em prática, durante a prova, tudo que tinham aprendido e edificar o jardim mais bonito da competição. Agora é construir mais um capítulo glorioso nessa história e eles estão prontos para a próxima etapa”, afirmou.

O presidente da Federação das Indústrias do Estado de Mato Grosso (FIEMT), Jandir Milan, destacou o trabalho realizado pela instituição considerada por cinco vezes consecutivas a melhor do país. “É um orgulho e uma honra ver o talento e a performance dos nossos estudantes. Imagine o potencial de um jovem como este ao ajudar a indústria e o Estado a crescer? Esta é a educação que nós acreditamos, forjada em valores, em atitude, em audácia e na vontade de crescer e fazer a diferença”, finalizou.

Por Caroline Pilz Pinnow da FIEMT
Foto: Divulgação / FIEMT
Para a Agência CNI de Notícias

Deixe seu comentário